segunda-feira, 9 de maio de 2016

Vestir a camisola do Vitória tem que ser uma honra.

Esta é para mim uma questão de afirmação de valores, de identidade de um clube que nunca podem ser  posto em causa.

Por isso volto ao assunto para mostrar o meu manifesto de indignação não perante este gesto irreflectido, mas sim porque não ter visto ninguém até ao momento que nos representa tomar uma atitude publica.



 

É verdade que este artista da bola nunca foi amado pelos Vitorianos, por ser emprestado, por ter tiques de vedeta mas acima de tudo pela sua atitude de sobranceria sempre que vestiu a camisola do Vitoria. Nunca entendeu o clube. Fica pela negativa na história.

Nós por cá ficamos a aguardar por dias melhores.

sábado, 29 de novembro de 2014

Pinheiro até rima com Primeiro!

UFA....Foi difícil mas o Vitória vai passar o Pinheiro bem instalado na liderança do campeonato, algo que se a memoria não me atraiçoa, nunca aconteceu.

Reveja o resumo do jogo em que o Vitória arrancou um triunfo a ferros diante de um  Bom Vizinho, mas que vinha para estragar a festa.



Uma palavra de apreço para o Moreirense e os seus adeptos, em especial para o guarda redes Marafona que tudo fez por merecer o castigo sofrido.

Bom Pinheiro a Todos!

sábado, 8 de novembro de 2014

domingo, 2 de novembro de 2014

Futebol Espectáculo é em Guimarães

Guardem a cassete!

Em dia de finados, o jogo que opôs o Vitória contra um dos ditos grandes, vai por certo ficar gravado na memória de Todos os Vitorianos.  Ambiente espectacular nas bancadas, bom futebol, jogadas electrizantes, golos, isto  é Futebol, isto é o Vitória, isto são os Vitorianos.


 A equipa do Vitória surgiu ontem no D.Afonso Henriques perante 25 mil espectadores, no terceiro lugar do campeonato sem nada a perder e com tudo a ganhar.  Esperava se um jogo difícil, em que os rapazes Vitorianos iriam tentar impor o seu futebol ante uma adversário que vinha motivado, e com um plantel rico em milhões sedento por entrar na luta dos primeiros classificados.

Mas o futebol não é uma ciencia, e  cedo  se percebeu que este não iria ser mais um jogo em que iria valer a lei do mais forte. A irreverencia vitoriana, a qualidade e a vontade de ganhar demonstrada pelos pupilos de Rui Vitória colocou o D.Afonso Henriques em constante erupção de principio até ao fim do jogo, tal o banho de bola dado.

Com  uma exibição colectiva de grande classe e querer, emergiram o ainda nao seleccionável e grande Capitão André André, Hernâni o mago, Bernard o miúdo Craque e Bouba Saré o campeão do meio campo.

Ao cabo de nove jornadas este é já o melhor arranque de sempre do Vitoria no campeonato. 

Força Vitória, o nosso sonho continua...