sábado, 30 de abril de 2011

Olimp(i)o da Vergonha.

Numa das melhores exibições do Vitória esta época, onde os jogadores Vitorianos conseguiram mostrar o seu brio profissional e encher os adeptos de orgulho, o Vìtória conseguiu, curiosamente, sair derrotado por aquele que foi o melhor "jogador" em campo de seu nome Bruno Esteves. 

Numa atitude de pura mediocridade, o senhor do apito conseguiu em apenas 1 minuto dar a volta aquela que tudo indicava iria ser uma Vitória sem margem para contestação da equipa Vitoriana. Da excelente exibição do Vitória, mesmo sem menos um jogador, fica assim pouco para dizer infelizmente.

As palavras de Manuel Machado e respectivo presidente no final da partida foram curtas e duras, mas estou em crer que a vontade de todos teria sido mesmo abandonar as 4 linhas, perante tamanha subserviência demonstrada pela equipa mandatada pela arbitragem.

Fica assim mais um na já demasiado vasta lista negra do Vitória. Confesso que desconhecia este Sr. de Setúbal, mas estou certo que a partir de agora iremos ouvir falar mais deste senhor,  já que os louros por esta excelente exibição irão  - como é apanágio do futebol português -,  ser colhidos no futuro...

E assim anda o Olimp(i)o da Vergonha.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Mostra as tuas cores!

A iniciativa é do Blogue "Vimaranes" e tem por slogan "Por cada janela, um adereço!"

Mostra as tuas cores!


Tudo pelo Vitória.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Vitória na Final da Liga do Futuro

Veja os golos que colocam o Vitória na final da Liga do Futuro - siga o link
Resultado final Vitória - 2 Leixões - 0

terça-feira, 19 de abril de 2011

Manuel Machado não te demitas.

Na sequência da manifestação de desagrado que alguns adeptos Vitorianos fizeram questão de demonstrar no sábado passado, nomeadamente com a amostragem de uma tarja em que se podia ler "Treinador sem ambição, pede a demissão" e com a subsequente salva de palmas de que foi alvo por uma significativa fatia da massa associativa presente no estádio D. Afonso Henriques, queria deixar a minha breve opinião sobre estas incidências e uma breve tranche textual das declarações de Manuel Machado:

1- Após ter visualizado o vídeo e ler o comunicado que teve por base esta polémica (criada pela imprensa nacional, aquela que tanto nós gostamos e valorizamos)  só me é possível repugnar uma vez mais a comunicação social - leia-se pasquins, pelo ataque concertado e sistemático que o Vitória tem sido alvo.

Pergunto: desde os jogadores que já foram vendidos pra ai 7 vezes a 10 clubes diferentes, desde a espionagem aos treinos à porta fechada, dos artigos de opinião de alguns jornaleiros que seguem claramente uma linha, entenda-se espicaçar premeditadamente os Vitorianos e valorizar os nossos arqui-inimigos, até à incrível desvalorização que foi alvo o nosso feito de chegar ao Jamor, para quando! Para quando uma tomada de posição conjunta entre a direcção do Vitória e adeptos Vitorianos que ponha termo a esta pouca vergonha que temos sido alvo! 

Deixo aqui  a minha sugestão drástica: Black out total para a imprensa nacional antes, durante e após a final do Jamor;

2- Remeto quem quiser ser remetido para a tranche do vídeo que coloco aqui de forma textual em que Manuel Machado diz " ...a questão que se prendia com o posicionamento nos 5 primeiros, neste momento a não ser por uma questão formal e classificativa e de prestigio não traduz absolutamente nada..."

Terminar por prestar a minha total solidariedade com Manuel Machado e desejar a continuidade do mesmo no comando técnico do Vitória Sport Club.

Esta é a minha opinião, outros terão naturalmente outras opiniões diferentes, que respeito mas às vezes custa-me a compreender.

Vitória Sempre.

terça-feira, 12 de abril de 2011

No comments

"Apesar de não terem comprado bilhetes, cerca de três centenas de sócios tiveram acesso ao estádio com os ingressos que foram oferecidos pela SAD do XXXX aos seus adeptos, correcção borlistas...Depois de terem viajado em cerca de 40 táxis e três autocarros, os cerca de 300 adeptos do Vitória....."
in guimaraes digital.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

E mais nada.

O Vitória assumiu hoje pela voz de Emilio Macedo o corte de relações institucionais com o clube de Marrocos. A decisão agora oficializada era mais do que previsível, tendo em conta os episódios dos últimos dias.

Finalmente, a direcção apercebeu-se que acordos de cavalheiros com estes senhores não valem de nada. A meu ver esta decisão só peca por tardia, tendo em conta as constantes alfinetadas e afrontas que o Vitória tem sido alvo.

Cada um faz a cama onde se deita...


Pode ler o comunicado na integra aqui

quarta-feira, 6 de abril de 2011

E o verniz estalou...

O Vitória acaba de reagir em comunicado oficial a repudiar a decisão dos dirigentes "marroquinarenses".

Recorde-se que  - mais uma vez -, os que se dizem candidados a tudo menos a ganhar, romperam com um daqueles acordos de cavalheiros que contemplava a cedência de ambas as partes de bilhetes, a um preço bem mais económico. 

Pode ler -se no comunicado assinado pelo presidente da direcção do Vitória que: "...Após várias diligências e contactos pessoais com o meu homólogo, constato, hoje, após ter recebido 1500 bilhetes, correspondentes apenas a 5% da capacidade do estádio municipal de XXXX, ao preço de 22,00 €, que o Sporting Clube de XXXX não cumpriu com a sua palavra..." e continua  "...ficando demonstrado assim que a palavra do Presidente do Sporting Clube de XXXX é escrita a lápis que se apaga com uma borracha.  

Os acordos com este pretencioso clube, servem para isto mesmo, i. e., para serem rasgados.

Pode ser que os milhares de bilhetes que andam a impingir as pessoas dessa terra, venham cair em quem realmente ama o seu clube!

Vitória até morrer