sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Austeridade em tempos de austeridade

Esta é sem duvida a palavra mais ouvida e já agora odiada por todos os portugueses do ano de 2012. Ano difícil para toda a sociedade portuguesa em todos os aspectos, naturalmente que o desporto seja ele amador ou profissional não fica alheio a esta austeridade ignóbil.

No Vitória esta palavra parece que veio para ficar, e este Janeiro vai ser com certeza de rachar, tantas são as dificuldades que o clube atravessa. Culpados? Somos com certeza todos nós,  claro que uns mais que Outros é certo...

A luz ao fundo do túnel parece ser a criação da SAD, que aparentemente ainda  não cativou o interesse dos ditos investidores, nem por certo será a solução para todos os nossos problemas.

Esta é mais uma provacão que todos teremos que ultrapassar em 2013, mas saibamos nós enfrentar  de peito aberto os desafios que por ai vem, hoje como em outras alturas os Vitorianos saberão unir-se e erguer novamente o clube. É por isso uma mensagem de esperança que deve e tem que ser passada, esperança na direção que nos lidera, esperança no orgulho e profissionalismo da equipa técnica, esperança nos atletas do Vitória, esperança em que cada um de nós possa dar o seu contributo para elevar bem alto a espada de D. Afonso Henriques, num ano de 2013 em que Guimarães será uma vez mais capital europeia, desta vez do desporto.

Bem hajam todos os Vitorianos, e que o ano de 2013 seja melhor que 2012.

O  Vitória somos nós.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Empate injusto

Os Vitorianos que marcaram presença no D. Afonso Henriques  deram por certo bem empregue o seu tempo e dinheiro. 

Os jogadores Vitorianos entraram no jogo com atitude e garra que é já a imagem de marca desta equipa. Oferecer a Vitória antes da consoada de Natal,  parecia ser o objectivo, objectivo esse que esbarrou quase sempre no  - reformado ou ex reformado guarda redes adversário - e já sob o cair do pano foi a barra a impedir,  após cabeceamento de N' diaye que a Vitória fosse mesmo conseguida . 

A história do jogo ficou então sobretudo marcada pela ineficácia demonstrada pelos jogadores Vitorianos, mas também ficou claramente demonstrado que temos equipa para derrotar esta espécie de clube e para muito mais, a ver vamos o que 2013 reserva aos Vitorianos, mas a convicção e a ambição é muita, como sempre.




quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Douglas Conquistador



Parabéns a toda a equipa pelo espirito conquistador, em especial ao Douglas que foi "Jesus" e aos 4 ou 5 adeptos presentes na Madeira.

Seguem-se os quartos de final!